O caminho da Neuropsicologia

Excelente comentário!

Durante muito tempo acreditava-se que cada região do cérebro era responsável por uma função específica. O lobo frontal seria o único responsável pela tomada de decisão e raciocínio lógico, já a região temporal estaria relacionada à memória ou aos processos auditivos e o cerebelo teria apenas a função de coordenar os movimentos e o equilíbrio do corpo. Basicamente, esse paradigma é conhecido como localizacionismo cerebral que atribui funções específicas a regiões cerebrais específicas como se o cérebro não desempenhasse nenhum outro papel além daquele.

Esse pensamento perdurou por muitas décadas até que diversos estudos foram desenvolvidos na área de Neuropsicologia em interface com as Neurociências. Com o advento de novas tecnologias de neuroimagem na década de 90, como a ressonância magnética funcional ou a tomografia por emissão de pósitrons (SPECT) um novo entendimento da relação cérebro-comportamento entrou em cena, permitindo pesquisadores da área a constatarem cientificamente sobre quão surpreendente é…

Ver o post original 223 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s